Direcionar recursos de emendas parlamentares de forma mais justa e transparente. Com esse objetivo, a vereadora Camila Jara (PT) lançou nesta quinta-feira (17) a edição 2022 do seu Edital de Emendas Individuais. Toda e qualquer organização pública ou da sociedade civil que desenvolva projetos em Campo Grande (MS) pode enviar sua proposta para solicitar o valor, que soma o total de R$ 300 mil.

Os projetos, a serem financiados por meio de emendas parlamentares com execução prevista para 2022, devem atuar em uma das áreas: Saúde ou Assistência Social, e ter compromisso com temas específicos previstos no edital, como saúde da mulher, pessoas com deficiência, educação sexual, saúde da população LGBTQIA+, prevenção à evasão escolar, prevenção de violência, saúde do idoso, entre outros.

Todos os projetos inscritos serão analisados sob aspectos legais, jurídicos e técnicos. Ao final, serão selecionados 10 projetos (5 de cada área) para o recebimento de R$ 30 mil cada. Três projetos de cada área serão escolhidos de ofício a critério do gabinete da vereadora Camila Jara e os demais projetos inscritos serão categorizados de acordo com os critérios do edital e escolhidos por votação popular no site, conforme cronograma divulgado no edital. 

“Essa é mais uma das nossas ferramentas para democratizar o acesso à verba pública. Campo Grande tem projetos muito interessantes, então esse processo seletivo nos ajuda a direcionar os recursos das emendas a partir de critérios técnicos e de forma transparente”, comentou a vereadora. 

Inscrições
Os interessados podem inscrever seus projetos por meio do formulário on-line disponível em https://camilajara.com.br/emendas até às 23h59 do dia 27/02/2021.O resultado final será divulgado no dia 11 de março. As dúvidas podem ser encaminhadas para o e-mail: [email protected]A edição 2021 do Edital de Emendas recebeu 35 projetos inscritos e 6 foram contemplados com R$ 30 mil cada um. A votação on-line para a decisão dos projetos contemplados recebeu mais de 14 mil votos. 

O que são emendas parlamentares?
As chamadas emendas parlamentares são uma forma de descentralizar o orçamento do Município, aumentando a participação dos vereadores no processo de definição do uso do dinheiro público. Este ano, cada vereador tem direito a destinar R$ 300 mil.